gtag('config', 'UA-117084423-1');

Os problemas de segurança de endpoint são desafiadores e fazem com que as empresas e demais usuários temam diariamente cometer algum deslize e afetar a sua rede. Mesmo que existam ferramentas para impedir um ataque cibernético, os bons hábitos na hora de utilizar algum aparelho reduzem drasticamente as chances de ocorrer alguma invasão.

Para uma empresa essa atitude é primordial, já que dados sensíveis ficam armazenados nos endpoints, na rede ou até mesmo na nuvem. Por isso, neste artigo vamos discutir sobre os desafios de manter a segurança da informação dentro de uma instituição, além de como manter todos os sistemas assegurados e evitar que ocorram ciberataques.

Se você ficou interessado no assunto, continue aqui e acompanhe! Boa leitura.  

Segurança da informação: um novo desafio

O ano de 2020 mudou completamente as relações. O serviço em regime home office devido à pandemia fez com que muitas empresas adotassem formas de trabalho remotas e que se adaptassem a utilizar computadores, smartphones e demais ferramentas dentro de casa.

Porém, mesmo que a empresa seja especializada em tecnologia, a segurança da informação foi posta em risco nessa situação. Dentro de um espaço adequado podem existir pessoas qualificadas, que verificam possíveis e-mails mal intencionados, envio de malwares por meio de aplicativos, entre outras ocorrências. Contudo, quando o colaborador trabalha em casa, ele fica mais vulnerável a cair em armadilhas de criminosos virtuais.

A segurança do endpoint é a mais atribulada nesse cenário. O termo em inglês remete, na tradução literal, para ponto de extremidade. Essa é a área destinada para notebooks, celulares e outras ferramentas e que precisa de cuidados para não se transformar em um vetor para uma pessoa invadir o sistema da empresa.

O crescimento do Spear Pishing em 2021

Segundo pesquisadores da WatchGuard, o crescimento do Spear Pishing será uma situação bastante complexa para o ano de 2021. Esta é uma invasão que ocorre por meio de e-mails, com aparência de confiáveis, que entram no sistema de um computador ou celular e roubam dados importantes.

O Spear Pishing pode vir também em forma de malware e contaminar a sua máquina. Por isso, mesmo que um e-mail aparente normalidade, é imprescindível pesquisar quem está enviando e outras informações. 


Afinal, como manter a segurança da informação em uma empresa?

A segurança da informação, então, é mais que necessária neste início de uma nova década. As empresas precisam investir fortemente no monitoramento de endpoints para que não ocorram invasões e ataques cibernéticos dentro do sistema.

Por isso, separamos para você algumas dicas essenciais para serem aplicadas dentro de sua empresa, que vão ajudar a diminuir os casos de ataques principalmente que acontecem nos pontos de extremidade de seu negócio. Veja e entenda como aplicar! 

Aproveite e se inscreva no Talk Movti sobre Segurança de Dados em Home Office.

Desenvolva uma inteligência de ameaças cibernéticas

Em primeiro lugar é primordial que você desenvolva uma inteligência de ameaças cibernéticas. Isto funciona da seguinte maneira: é realizada uma análise sobre quais os tipos de ataques que acontecem com frequência e aqueles que também ocorrem, mas com menos casos.

Por meio do estudo dessas ocorrências, a empresa cria um sistema de inteligência de segurança da informação que garante a identificação do problema e impede que o seu sistema seja invadido por criminosos. Podemos dizer, de grosso modo, que essa é uma inteligência social das máquinas. 

Esteja preparado para qualquer ataque

Outro ponto primordial para garantir a segurança do endpoint é estar preparado para qualquer ataque, até mesmo para possíveis malwares, invasores ou demais situações que você não tenha conhecimento.

Investir em segurança nunca é demais! Mesmo que a sua empresa não tenha tantos dados sigilosos, os criminosos podem usar informações mínimas para pedir resgates, como acontece com o ransomware, e deixá-lo em uma saia justa na rede. Por isso, busque sempre se atualizar sobre o que ocorre no mercado e entender quais são as proteções mais atualizadas para o seu negócio.

Faça a prevenção automatizada

A automatização pode ser a chave para a segurança da informação de sua empresa. Por meio dessa tecnologia, o sistema consegue identificar invasões mais rapidamente e alertar os empresários e especialistas de que há algo errado no sistema.

Por isso, quando um invasor percebe que aquele endpoint é monitorado por uma máquina e que o sistema é automatizado, muito provavelmente desiste de invadir aquele espaço ou gasta muitas horas para realizar qualquer ataque (o que pode ser evitado, já que as configurações avisam sobre usuários duvidosos querendo acessar o sistema). 

Tenha proteção persistente

A proteção de sua empresa nunca será de qualidade se você não investir em um sistema persistente, que verifique os endpoints, redes e até mesmo a nuvem de tempos em tempos. Novamente, mesmo que o seu negócio não tenha dados tão sigilosos, manter esse cuidado é primordial para que não ocorram ciberataques.

Por isso, ofereça meios de acesso que sejam online e offline ou que até mesmo sejam dentro ou fora do local. Variar o modo de uso e entregar segurança da informação em todos equipamentos diminui as chances de ocorrerem invasões ou instalação de malwares nos seus endpoints. 

Crie um espaço visível

Por fim, crie um espaço visível, em que todas as atividades que acontecem nos endpoints, na rede ou até mesmo na nuvem sejam monitoradas por todos e que seja possível verificar se está tudo nos conformes. 

Caso os colaboradores e gestores identifiquem um ataque (já que o sistema está completamente visível para todos), torna-se mais fácil aplicar as políticas de segurança da empresa e buscar ajuda de outros especialistas para resolver a situação. 

A Movti tem a solução

Para você que chegou até aqui, entendemos juntos que os endpoints precisam de mais segurança da informação principalmente no ano de 2021. A mudança no modo de trabalho e até mesmo o avanço com novos tipos de ataques trouxeram à tona situações perigosas, que podem colocar em risco os dados de uma empresa.

Por isso, nós da Movti temos a solução para você! Somos especialistas certificados e Services Provider da Fortinet, Sophos, Veeam, Arcserver e Veritas, oferecemos serviços de segurança avançada e governança para a sua empresa. Em 2019 ganhamos o prêmio de Great Place to Work também possuímos um NPS de 87 pontos com nossos clientes, mostrando que entregamos qualidade de verdade com proximidade aos clientes.

Tire este momento para falar com os nossos especialistas e garanta a segurança dos endpoints de seu negócio! 

Deixe um comentário