gtag('config', 'UA-117084423-1');

A cloud computing é uma tecnologia em crescente no mercado e que cada vez mais está presente no cotidiano das pessoas. Segundo a consultoria Gartner, até o ano de 2022 haverá um aumento de 55% no uso da computação em nuvem, transformando-se em uma grande tendência principalmente no início da segunda década dos anos 2000. 

Para você que está pesquisando sobre o assunto e quer conhecer um pouco mais sobre as definições de cloud privada, cloud pública e cloud híbrida (serviços da computação em nuvem), neste artigo vamos não somente explicar o que é cada uma, mas também as principais diferenças, os benefícios de cada uma, além do público-alvo ideal para cada tipo de cloud computing.

Se você ficou interessado no assunto, continue aqui e acompanhe! Boa leitura. 

O conceito de cloud computing

Antes de nos aprofundarmos sobre o tema é muito importante detalhar o que realmente é a cloud computing nos dias de hoje. 

A computação em nuvem, traduzida no português, é uma tecnologia que permite o uso remoto de ferramentas de um computador, sem que elas sejam hospedadas em um servidor local. Isso acontece por meio da conectividade com a internet, proporcionando a possibilidade de armazenar diversos recursos e ter uma grande escalabilidade.

Por mais que o termo seja falado popularmente há pouco tempo, essa tecnologia já é comum no nosso cotidiano sem que ao menos percebamos onde ela se encontra. A Netflix, por exemplo, utiliza esse recurso para que você assista filmes online e até mesmo baixe-os sem armazenar num computador pessoal. 

Muitas plataformas de streaming usam a cloud computing como recurso e proporcionam aos usuários ouvir músicas, assistir séries, filmes e demais serviços conectados à internet, (ou armazenados somente dentro do aplicativo/programa) sem a necessidade de realizar o download para o celular ou computador. 

Definições da computação em nuvem

Contudo, as definições e configurações da computação em nuvem não acabam por aí. Existem modelos de cloud indicados para cada tipo de negócio, que envolvem questões de segurança, acesso restrito e quantidade de armazenamento, entre outras características.

Por isso, separamos os três formatos que existem atualmente e que podem ser de seu interesse caso esteja em busca de adotar essa tecnologia em seu negócio. 

Cloud privada

Em primeiro lugar temos a cloud privada. Como o próprio nome já remete, esse é um modelo de computação em nuvem que oferece recursos somente para organizações/empresas, sem que o público em geral tenha acesso às informações armazenadas naquele espaço. 

Nesta configuração, serviços de software e hardware se encontram sempre em rede privada e são totalmente dedicados somente à empresa. Por isso, as pessoas que possuem acesso são somente aquelas autorizadas pela organização e que utilizam dessa ferramenta para trabalho.

Normalmente ela está localizada em um data center local, que seja de propriedade de uma empresa, ou também pode ser hospedada por meio de terceirizadas.

Cloud pública

Em contrapartida, a cloud pública é totalmente diferente do que vemos na privada. Enquanto o primeiro modelo é restrito e não permite acesso de todos os públicos, esta pode ser usada por todos, inclusive gratuitamente na internet.

Nesta situação, você compartilha o mesmo hardware e software com outras organizações e por meio de provedores de serviços terceirizados (e fornecidos somente pela internet).

Com essa tecnologia, então, todas as infraestruturas da cloud computing são gerenciadas por um provedor terceirizado e dividem o mesmo modelo de serviço com outras empresas. É uma maneira pública de compartilhar ferramentas de nuvem. 

Cloud híbrida

Por último, a cloud híbrida é a mistura das duas versões que já falamos. A organização pode optar por parte de suas informações ficarem armazenadas em uma cloud privada, enquanto outras (não tão importantes, na maior parte das vezes) ficam disponíveis na cloud pública. 

Essa tecnologia permite que uma empresa utilize a computação em nuvem para que dados sejam armazenados e divididos de acordo com a sua importância. Mas é importante ressaltar que mesmo com uma parte sendo pública, as informações nunca serão de acesso ao público geral, sempre haverá alguma barreira.

Sobre a localização das informações, a divisão ocorre no mesmo segmento: os dados mais importantes são guardados num data center, enquanto aqueles menos sigilosos e sensíveis ficam disponíveis em um provedor terceirizado. 

 

Serviços de computação em nuvem
As diferenças na cloud computing: principais características

Discorremos até aqui, então, o que é a cloud computing e os modelos que existem atualmente no mercado. Mesmo que tenhamos explicado sobre o que é cada uma e o que elas representam, existem diferenças em suas características que ainda não pautamos, mas que vamos pontuar aqui!

Por isso, aproveite este momento para pegar uma caneta e um papel, pois as informações a seguir são fundamentais para você que está buscando entender sobre essa tecnologia e qual mais combina com a sua empresa. 

Aproveite também e confira o nosso Webinar Por que migrar para a nuvem do Google?

Segurança

A primeira diferença que existe entre os modelos de cloud computing é sobre o nível de segurança. Quando tratamos deste tema é imprescindível salientar que uma versão não é menos segura que a outra, mas que para determinadas situações, informações sensíveis devem ficar armazenadas sem acesso ao público geral, dando mais confidencialidade à organização.

Por isso, uma grande questão no momento de escolher pelo serviço ideal para a sua empresa é a necessidade de mais segurança e discrição na hora de armazenar algum dado. Quanto mais importante for, melhor o uso da cloud privada (e vice-versa). 

Flexibilidade

Além disso, a flexibilidade é outra diferença entre os modelos de computação em nuvem. Uma empresa que adota o formato de cloud privada, que necessita de data centers, automaticamente se torna menos flexível, já que tudo é armazenado neste espaço.

Nessa hora, as organizações que buscam provedores de serviços de nuvem e até mesmo o uso da cloud híbrida conseguem mais flexibilidade dentro do armazenamento, conseguindo acessar, transferir e até mesmo alterar os arquivos com mais facilidade. 

Economia

Não poderíamos deixar de falar também sobre economia, não é mesmo?! Para empresas que buscam custo/benefício é possível realizar um levantamento sobre o que é essencial ou não nos serviços de cloud e saber qual é a melhor opção para você. 

Caso escolha, por exemplo, a cloud pública, certamente irá economizar em relação ao uso de data center. Porém, se você optar pela nuvem privada, o gasto será maior, porém outros benefícios surgirão. 

Por isso, é fundamental lembrar que tudo depende da necessidade de cada organização. 


Quais os benefícios de cada nuvem?

Para aprofundarmos ainda mais no assunto, vamos ao ponto essencial do artigo: os benefícios de cada cloud computing. Mesmo que elas sejam construídas para que atendam a diversos públicos, existem vantagens que são mais interessantes para algumas organizações em detrimento de outras.

Separamos, então, os principais pontos positivos de cada modelo para que você opte pelo que melhor se encaixa em sua empresa e que realmente absorva os benefícios dessa tendência no mercado

Benefícios da cloud privada

A cloud privada é um excelente serviço para quem está em busca de mais segurança para dados confidenciais, além de flexibilidade na hora de personalizar o ambiente em nuvem e ter mais controle sobre os recursos que estão armazenados na nuvem. 

Outro ponto bastante interessante neste modelo é sobre a escalabilidade. Por se tratar de um data center local, a adaptação à organização ocorre mais facilmente, integrando-se ao sistema da empresa. 

Mas é importante destacar que a cloud privada é a mais cara entre todas as versões. Ou seja, é preciso analisar se vale a pena o investimento. 

  • Mais segurança para as informações sensíveis;
  • Flexibilidade para personalizar e mover dados dentro de um data center;
  • Controle total sobre tudo que está na nuvem;
  • Fácil escalabilidade por se tratar de um sistema próprio.

Benefícios da cloud pública

Enquanto a primeira entrega segurança para dados confidenciais, a cloud pública busca oferecer preços mais acessíveis e serviços que são providos por terceirizadas, retirando qualquer responsabilidade sobre manutenção, atualização e outras ações. 

Além disso, esse modelo pode ser configurado rapidamente, já que se trata de uma versão mais simples, e de excelente confiabilidade, pois os diversos provedores protegem esse sistema remoto de ter falhas e até mesmo sair do ar. 

Portanto, vale a pena procurar saber um pouco mais sobre essa versão e analisar se ela é ideal para a sua empresa. 

  • Preços mais acessíveis no mercado;
  • Zero obrigação com atualizações e manutenções;
  • Configuração ágil;
  • Excelente confiabilidade em relação a quedas e situações semelhantes.

Benefícios da cloud híbrida

Por último, a cloud híbrida traz excelentes benefícios para quem busca misturar economia, flexibilidade e controle. Por meio da divisão no armazenamento, uma parte ficando como pública e outra como privada, torna-se mais fácil manusear os dados e ter controle de todas as informações.

Mas, não somente isso, por estar no meio do campo, uma parte dos gastos com a cloud privada é reduzida, deixando somente o que é restrito ao público geral nesse modelo de armazenamento. 

Para você que está procurando um modelo que tenha a facilidade de transição entre tipos de computação em nuvem, essa é a escolha certa. 

  • Excelente custo/benefício;
  • Flexibilidade entre os dados armazenados em cloud privada e cloud pública;
  • Total controle de todas as informações disponíveis na nuvem;
  • Divisão de acordo com a importância dos dados;
  • Gastos reduzidos com sistemas caros.

Público-alvo de cada cloud computing

Uma informação que repetimos ao longo do nosso artigo é sobre a importância de entender qual a sua necessidade e o que a sua empresa realmente precisa no momento de adotar a cloud computing como um serviço remoto de armazenamento. 

Para isso, coloque na ponta do lápis: o que eu preciso na minha organização? Se você faz parte do público-alvo que busca segurança para dados sensíveis, controle total sobre tudo que está na nuvem e não se importa em investir mais para ter esses dois benefícios, a cloud privada é a aposta ideal. 

Porém, caso você esteja em busca de preços mais acessíveis no mercado, zero obrigações com atualizações e manutenções da nuvem e até mesmo alta confiabilidade em ocorrências de quedas de sistemas e falhas no provador, a cloud pública é a melhor opção.

Não se sentiu representado por nenhuma das duas? Procure então pela cloud híbrida! Esse serviço é a mistura das duas nuvens anteriores, que oferece excelente custo/benefício, flexibilidade e total controle sobre as informações armazenadas. É possível listar quais dados são mais sigilosos e precisam de mais segurança, enquanto outros que não são tão importantes e que podem ficar na nuvem pública. 

Tipos de empresas

Para que você consiga se situar nessas delimitações da computação em nuvem, daremos alguns exemplos práticos, em que os tipos de cloud computing são mais aplicados no mercado mundial. 

É válido destacar que esses exemplos são comuns, mas você contratar o serviço que melhor se encaixa ao seu negócio. 

  • Governo Federal do Brasil: cloud privada, pois os dados são mais sigilosos e podem ficar localizados em um próprio data center;
  • Escritório de comunicação e marketing: cloud pública, já que as informações não são tão importantes e muitas vezes é preciso economizar com as ferramentas de armazenamento;
  • Empresa multinacional de veículos: cloud híbrida, pois algumas informações são mais sensíveis e precisam de mais segurança, enquanto outras, não. 


Como a Movti pode te ajudar a encontrar a nuvem ideal?

Neste momento você deve estar se perguntando: “mas onde acho a melhor parceria para adotar a cloud computing?” 

Não se preocupe, a Movti está aqui para auxiliá-lo a encontrar a nuvem ideal para a sua empresa. Somos especialistas em transformação digital e disponibilizamos diversas soluções em cloud para os nossos clientes, inclusive com diversos cases de sucesso no mercado. 

Com a nossa parceria, você acelera o processo de transformação de sua empresa, além de colocá-la no caminho certo para o futuro da tecnologia no mundo! Para saber mais, converse com os nossos especialistas e seja instruído por experts na área. 

 

Se você chegou até aqui, temos apenas uma última afirmação: a cloud computing é o futuro da tecnologia no mundo. Mesmo que outras áreas estejam crescendo, a computação em nuvem está dominando as redes e tomando proporções inestimáveis. 

E se você ficou interessado em adotá-la, aproveite para conhecer o portfólio da Movti e saber qual a melhor opção para a sua empresa. 

Deixe um comentário